Reprodução

Foram recentemente encontradas nos Municípios de Conde e Cabedelo, na Paraíba,  cerca de sete aves silvestres mortas em praias, e desta forma há a suspeita de gripe aviária. De acordo com a gestões locais, quatro delas estavam em Cabedelo e outras três em Conde, na Grande João Pessoa.

Depois que houve a identificação das aves, as autoridades veterinárias investigam se as espécies morreram contaminadas por gripe aviária. O país está em emergência sanitária para a doença após casos nos estados de Rio de Janeiro e Espírito Santo. Não há casos em humanos, nem na Paraíba.

Conforme a gerente de Defesa Agropecuária da Paraíba, Girlene Alencar não há casos da doença no estado. Para tanto ela alertou que não é necessário criar pânico, mas fez recomendações. Por exemplo, a população que localizar aves mortas ou doentes, deve evitar chegar perto delas e precisa acionar os órgãos compeetentes.

Já o secretário de Meio Ambiente de Conde, Walber Farias, a prefeitura acionou o Ibama e demais órgãos responsáveis para que repassar protocolos necessários.

O que é a gripe aviária?

A gripe aviária é uma doença que acomete aves e é provocada pelo vírus influenza A. A condição raramente acomete os humanos e também é conhecida como gripe do frango e influenza aviária. 

O que causa a gripe aviária?

A gripe aviária é causada pelo vírus influenza A e pode ser dos tipos H5N1, H5N8, H7N9 ou H9N2. Essa condição raramente afeta os humanos e não passa de pessoa para pessoa, a sua transmissão acontece somente pelo contato com aves contaminadas.

Quais são os sintomas da gripe aviária?

Os sintomas da gripe aviária são parecidos com os da gripe comum e geralmente começam a aparecer de dois a oito dias após o contato com o vírus. Os principais sintomas incluem: dor de garganta, febre acima de 38°C, dor no corpo, mal-estar geral, calafrios, fraqueza, dor abdominal, tosse seca, espirros e secreção nasal. 

Quais são as formas de tratamento da gripe aviária?

Gripe aviária tem cura e o tratamento é baseado no uso de analgésicos, antitérmicos e remédios para náuseas. Em alguns casos, o médico pode recomendar o uso de antivirais. Se a gripe aviária atingir um humano, geralmente, atinge de forma grave e o mais importante é procurar atendimento o mais rápido possível. 

Gripe aviária no Brasil

O Brasil está em emergência zoossanitária, pelos próximos 180 dias, por causa dos casos de gripe aviária. A decisão é do ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, conforme consta no Diário Oficial da União de segunda-feira (22).

A medida tem o objetivo de evitar que a doença chegue na produção de aves de subsistência e comercial, além de proteger a fauna e a saúde humana. Com a declaração de emergência, os governos vão poder se articular e mobilizar recursos para garantir força de trabalho, logística e equipamentos.

Até o momento, já são oito casos, sendo sete no estado do Espírito, em outros municípios como Marataízes, Cariacica, Nova Venécia; e um no Rio de Janeiro, em São João da Barra.

De acordo com a ABPA, Associação Brasileira de Proteína Animal, o registro de novos casos não deve gerar impactos nas exportações ou risco ao abastecimento.

.



Por Com Portal Correio